• Por

você já pensou em como os astros podem influenciar nos seu sentimentos? Descubra mais sobre o assunto, lendo a entrevista dada pela astróloga e jornalista Bianca Ballesteros.

Por: @belasartori55

São diversos os sentimentos e são milhares os modos de lidar com esses. A ansiedade, felicidade, agonia, aflição e todos os outros são poderosos influenciadores do nosso humor, energia e até visão de vida, sendo assim, a importância de procurar métodos para conseguir lidar com estes é enorme.

Alguns métodos são tradicionais, outros nem tanto - um exemplo está na editoria Outros Modos - mas todos possuem uma grande importância em como nos comportamos e enxergamos a vida. Uma dessas maneiras pode ser a influência que os astros têm na nossa vida, e o conhecimento que temos sobre eles.

Aposto que você conhece alguém que adora falar sobre os astros e planetas, de como vênus está nesta casa e por isso que as coisas estão de tal maneira. Ou ao menos alguém que assim que te conhece solta a pergunta “Qual é o seu signo? E ascendente?”. Essas pessoas podem estar repletas de razão em querer ter conhecimento dessas coisas, já que esses planetas, signos e elementos podem dizer muito sobre quem somos, quem queremos ser e para onde vamos.

Para descobrir um pouco mais sobre esse universo, conversei com a astróloga e jornalista @BibaBallesteros, que explicou um pouco mais sobre o que o conhecimento sobre o seu mapa astral e outros trabalhos podem abrir seu olhos.

Antes de abordar os tipos de atendimentos que Bianca faz, gostaria de falar um pouco sobre o espaço que ela trabalha. O @EspacoArhka é um lugar de Medicina Integrativa que existe há mais de 30 anos, começou como escola de Yoga e alguns encontros de meditação. O direcionamento do espaço foi mudando ao ser percebido que as pessoas procuram mais atendimentos - grupal ou individual - e profissionais de mais áreas da arca medicina integrativa, e hoje abriga diversos tipos de atendimentos como: terapias desde conversa, energização, massagens, vivências de meditação, yoga, dança, constelações, respiração - tanto corporal e energética, quanto psicoemocional.

Nesse lugar especialmente envolto em energias positivas que Bianca oferece a leitura do Mapa Astral, A Revolução Solar, Sinastria e alguns
outros.

Cada um desses está ligado a uma informação específica sobre sua vida, algo que te mostrará um novo caminho e trará autoconhecimento.

Vamos começar abordando o Mapa Astral, já que é um dos mais conhecidos e requisitados. Esse é uma ferramenta de autoconhecimento, permitindo que descobrimos e entremos em contato com nossos pontos fortes e fracos, sabendo como superá-los e aprendendo mais sobre como lidamos com as situações. O Mapa Astral é feito baseado na hora, dia, mês, ano e local do seu nascimento, além do seu nome completo. A partir disso, a astróloga lê os dados que o Software profissional calcula e, a partir desses, consegue trazer aspectos de carreira, facilidades e uma área mais humanizada, como sua missão de vida. O Mapa é dividido entre até os 30 anos - tendo como foco principal o seu signo - e depois dos 30 - quando você recebe seu ascendente. Talvez esse seja um dos motivos que todos falam que depois dos 30 tudo muda, não é?

A Revolução Solar é a parte preditiva da astrologia, ou seja, é um mapa que consegue ler as melhores épocas e períodos para tomar certas decisões - como casar, mudar de casa ou país, trocar o emprego, viajar e por aí vai. Através da sobreposição do mapa natal ao mapa do ano - que você quer saber - se obtém os novos aspectos planetários, formado de mês em mês, durante um ano - a partir do dia em que é feito.

A Sinastria é focada em relações, seja mostrando os pontos fortes e fracos dessas, até identificando os aspectos frágeis a serem trabalhados. Lembrando que relação pode ser pessoal, como um namorado, irmão, mãe, ou pode ser também profissionais, como sócios. O importante para que a Sinastria seja a mais precisa possível é que todas as partes envolvidas estejam dedicadas ao processo e queiram realizar o atendimento.

Esses trabalhos podem trazer diversas respostas para quem os procura, além de iluminar caminhos que, muitas vezes, nem tinham sido considerados. De certa maneira, a leitura e descobrimento pessoal que vem dessas outras maneiras de lidar com os sentimentos, podem ser assertivas quando a questão é acalmar o coração, se sentir mais seguro quanto a uma escolha, ser um conforto na hora em que você está duvidando de tudo, até de si mesmx.