Mais que Estética: Qual a Funcionalidade do Esporte em Nosso Corpo Em Cada Momento da Vida ?

Para um interior e exterior saudável é necessário acompanhamento de diversos profissionais, entre eles está o personal trainer, importante para a saúde e estética.

Por @belahachi

 

Conversamos com o personal trainer Marcos Paulo Reis da Assessoria Esportiva, localizada no bairro Vila Olímpia de São Paulo, para sanarmos algumas das dúvidas que as pessoas têm em relação a exercícios em sua faixa etária.

Em relação aos 20 anos, questionei se existe um momento certo para iniciar os exercícios físicos e Reis nos contou que a prática de exercícios não trazem apenas resultados no presente, mas também no futuro. Por isso, é necessário que crianças e adolescentes tenham sido estimulados adequadamente para sua faixa etária com atividades lúdicas para o desenvolvimento de seu repertório motor. Isso facilitará a prática de exercícios físicos na fase adulta.

Quando abordamos a questão do esporte introduzido na vida das pessoas desde cedo, podemos notar que traz
resultados prolongados em diversos aspectos, sendo assim é importante que a atividade física seja realizada com frequência e com orientação profissional, para que problemas de saúde futuros sejam evitados. “Ao envelhecer sem a prática de atividade física na maioria dos casos o que acontece nos músculos é o que chamamos de atrofia muscular”, esclarece Reis.

#dicarb: Uma dica importante dada pelo personal trainer, especialmente para quem gosta de atividades físicas, porém, não gosta de academia, levantar pesos ou correr é que procurem atividades que tenham prazer e assim consigam ter continuidade. Isso evita que o exercício se torne uma parte ruim do seu dia e que gere desconforto ao ser realizado, afinal atividade física também pode ser vista como um tipo de terapia para aliviar o estresse, devido a liberação de endorfina, criando a sensação de prazer no cérebro.

 

“Ao envelhecer sem a prática de atividade física na maioria dos casos o que acontece nos músculos é o que chamamos de atrofia muscular”

Ao conversar com o personal trainer, tive a preocupação de abordar a rotina agitada que muitos brasileiros vivem no dia a dia quando estão na faixa dos 30 anos. Sendo assim, o foco da nossa conversa foi os exercícios praticados em casa: yoga e pilates, que são ótimas referências para quem deseja realizar atividade física, que além de fazer bem para o corpo traz benefícios à mente.

Reis conta que mesmo sendo em casa, é importante que haja o acompanhamento ou
a orientação de um profissional de educação física, para avaliar na prática e verificar suas necessidades, assim evitando causar algum dano por realizar de forma equivocada o exercício.

Falamos também sobre qual seria o ambiente indicado, lugares abertos ou fechados? De acordo com o profissional, ambos são válidos e ele ressalta: "devemos tomar cuidado em ambientes abertos com a temperatura e umidade”, além da periodicidade que o exercício deve ser feito.

"Devemos tomar cuidado em ambientes abertos com a temperatura e umidade”

Para você que está em seus 40 e poucos anos, Reis conta que é importante a realização de exercícios, sendo eles aeróbicos, musculação ou combinação dos dois, a escolha dependerá do seu objetivo.

O que podemos afirmar é que a força muscular é um fator determinante para uma boa realização do exercício aeróbio, assim,
mesmo o objetivo sendo perda de peso é importante que a musculação faça parte da sua rotina de exercícios.

Além disso, o profissional lembra que deve sempre buscar um exercício que traga prazer ao praticante, para que seja feita uma atividade correta, sendo evitada alguma lesão e não focar em alguma parte específica do corpo.

"Assim, mesmo o objetivo sendo perda de peso é importante que a musculação faça parte da sua rotina de exercícios"

Aos 50 anos a perda de músculos é um sintoma comum, principalmente para aqueles que não foram acostumados a praticar exercício desde jovens, assim fazendo com que o corpo não funcione em sua melhor potência.

Reis conta que para a prevenção ou recuperação da perda de músculos é indicado exercícios de força, um exemplo são aparelhos de musculação, por mais que esses não sejam os favoritos de muitos, são importantes para a
realização positiva de diversas outras atividades.

O profissional ainda fala que é possível conectar a parte da beleza a uma atividade física, e dá uma dica de como fazer: “Os exercícios de força com efeito localizado auxiliam no ganho ou manutenção de massa magra combinado, com exercícios aeróbios que ajudam na manutenção e diminuem o percentual de gordura. Essa pode ser uma boa opção para quem deseja atingir os dois objetivos.”.

A perda de músculos é um sintoma comum, principalmente para aqueles que não foram acostumados a praticar exercício desde jovens, assim fazendo com que o corpo não funcione em sua melhor potência

Pensamento equivocado aquele que restringe atividade física a pessoas novas.

Ao chegar aos seus 60 anos, é recomendado a realização de exercícios para o aproveitamento de benefícios e de prevenção.

Uma das atividades favoritas pelas pessoas mais maduras é a hidroginástica. Abordei então, o assunto com o personal trainer, que nos conta o motivo dessa ser uma atividade tão popular.

A hidroginástica é uma atividade que não gera carga de impacto nas articulações, porém, o profissional fez questão de lembrar que, assim como todo esporte, essa deve ser feita com cautela e acompanhamento, tendo sua

periodicidade regulada por um profissional.

Dependendo da intensidade da aula, os músculos entram em processo de fadiga da mesma maneira que qualquer outra atividade, não que isto seja um malefício, porém devemos tomar cuidado com o tempo entre uma sessão e outra, para que seja possível a recuperação muscular.

#dicarb: Essa atividade também pode ser voltada para traumas e lesões, já que não possui grande impacto. Nesses casos, Reis comenta que a preparação da aula e seu nível de dificuldade são fatores decisivos, para que a prática desse exercício ajude a recuperar um trauma e/ou lesão.

 

Os 70 anos são sim idade para fazer exercícios, mesmo se esses não faziam parte da sua rotina no passado. As atividades físicas na terceira idade podem trazer diversos benefícios à saúde, quando avaliadas e acompanhadas por um profissional que garanta que essa esteja sendo feita de forma correta e apropriada a suas necessidades.

Reis cita alguns efeitos positivos conseguidos através do esporte nessa faixa etária: reduz o risco de morte prematura por doenças cardiovasculares, diabetes tipo II, hipertensão, melhora da capacidade funcional, imunidade a infecções, recuperação de doenças e cirurgias, na manutenção ou desenvolvimento das estruturas ósseas e musculares, alívio da tensão muscular, no aumento da capacidade de resposta do
organismo para combater o stress, melhora a percepção de bem estar, ajuda a controlar o peso corporal, o bom funcionamento do sistema músculo-esquelético e mobilidade, melhora o funcionamento do coração (para um mesmo esforço, o trabalho cardíaco passa a ser menor), aumenta a sobrevida até mesmo nas pessoas que já tiveram um infarto, estimula uma melhor vascularização, reduz fatores de risco para artérias coronárias, como pressão arterial, melhora da capacidade pulmonar melhorando o aproveitamento de oxigênio pelos pulmões, desse modo, a respiração fica mais eficiente.

Portanto se acompanhado de um profissional da área, não existe mais desculpas para não praticar alguma atividade física na terceira idade.

 

 

 

... Reduz o risco de morte prematura por doenças cardiovasculares ... Aumenta a sobrevida até mesmo nas pessoas que já tiveram um infarto ...